Auxilio Doença de Bancário – Entenda Como Funciona

Compartilhar nas Redes Sociais

Os profissionais bancários, sabidamente possuem uma rotina de trabalho bastante estressante em vários sentidos, e por vezes adoecem, necessitando de afastamentos por Auxílio Doença de bancário no INSS.

Esses profissionais trabalham em posturas forçadas, realizando esforços repetitivos. Tem que manusear cédulas no caixa, trabalham constantemente com digitação, atendimento ao telefone e ao público, e tudo isto, sob extrema pressão.

Os bancos têm exigido metas cada vez mais altas, seguidas de pressões sob os funcionários, sendo que muitos sofrem também com o assédio moral.

A violência na atualidade é outro fator para pressão psicológica sobre o bancário, que convive diariamente com medo de assaltos.

Todos esses fatores podem desencadear diversas doenças ao profissional bancário.

Com o passar do tempo e com as condições de trabalho cada dia menos favoráveis, esses profissionais tendem a adoecer e tornam-se incapazes de realizar suas funções do dia a dia.

Essas doenças podem gerar incapacidade para o trabalho, de forma temporária ou permanente.

Quando a incapacidade é temporária, é devido o benefício de Auxílio Doença de bancário. E quando a incapacidade do bancário é considerada permanente, é devida a Aposentadoria por Invalidez.

A doença também pode ser considerada profissional, a depender da causa entre a doença sofrida e a atividade realizada no trabalho.

Quando a doença é considerada comum, que não foi causada pelo trabalho, o benefício devido é o de Auxílio Doença Comum. Quando a doença é de origem ocupacional, ou seja, gerada direta ou indiretamente pelo trabalho, falamos em Auxílio Doença Acidentário.

A constatação da incapacidade, e da natureza da doença (se é ocupacional ou não) é realizada pelo INSS no momento da perícia médica, quando o perito avalia se o profissional tem direito e cumpriu os requisitos para receber benefício de Auxilio Doença ou Aposentadoria por Invalidez.

Por tal motivo, o momento da perícia médica pode ser decisivo na concessão do benefício de Auxílio Doença de Bancário.

Saiba quais são as dicas valiosas para a perícia médica do INSS em um material exclusivo.

Carolina Centeno de Souza – Advogada, Sócia no Arraes & Centeno Advogados. Especialista em Direito do Trabalho e Direito Previdenciário.

15 comentários em “Auxilio Doença de Bancário – Entenda Como Funciona”

  1. Parabéns Dra.Priscila e sua Equipe, admiro muito o trabalho desenvolvido por vocês, profissionais comprometidas com a ética e focadas em causas sociais de relevância.

  2. Parabens Dra Priscila e equipe.. Competencia, seriedade, ética e muitos outros atributos a esta equipe maravilhosa que eu recomendo

  3. Pingback: Doenças Psiquiátricas são as que mais atingem bancários - Arraes e Centeno Advogados Associados

  4. Pingback: Auxílio Doença de Bancário que possui LER/DORT

  5. Pingback: Auxílio Acidente de Bancário - A indenização que o INSS te paga mesmo trabalhando - Arraes e Centeno Advogados Associados

  6. Pingback: AUXÍLIO ACIDENTE – COMO DESCOBRIR SE TENHO DIREITO? - Arraes e Centeno Advogados Associados

  7. Pingback: O GUIA DEFINITIVO DO AUXÍLIO DOENÇA PARA O BANCÁRIO - Arraes e Centeno Advogados Associados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *